Naming Rights da Arena Corinthians

arena

Enfim, o Timão se aproxima de um acordo de naming rights pro seu estádio. A Arena Corinthians ainda não divulgou a empresa, mas notícias de bastidores já dão conta que é o Banco Original que vai inaugurar essa fase do estádio. Enquanto aguardamos o anúncio, o que podemos falar a respeito disso?

A permissão de conceder uma empresa que estampe o nome da sua marca em um evento, um estádio ou um espaço é uma prática antiga e visa incrementar ainda mais as receitas, no nosso caso, do mundo esportivo. Mas o que pretende – ou o que deveria pretender – uma empresa ao assinar o Naming Rights de um estádio? Será que fixação de marca pura e simplesmente ao associar o nome da Arena basta? Pra quem não é de São Paulo, sim. Mas não deveria ser o suficiente.

Faça um teste rápido:

Você sabe qual o nome dos torneios com o Naming Right devido? Escolha uma das opções:

  1. Copa Firestone Libertadores, Copa Sadia do Brasil, Campeonato Brasileiro Itaú.
  2. Copa Bridgstone Libertadores, Copa Continental do Brasil e Campeonato Brasileiro Chevrolet.
  3. Copa Santander Libertadores, Copa Perdigão do Brasil e Campeonato Brasileiro Itaú.

Mais uma pergunta, agora aberta: Qual o nome da Arena Fonte Nova com Naming Rights?

Acertou? Ótimo! Você está bem conectado. Mas a grande maioria não sabe. Ou já ouviu falar e se confunde.

Onde quero chegar? A aposta no relacionamento com diferentes tipos de ativação no empreendimento nesses casos pode ser o diferencial. A marca pura e simplesmente veiculada ao estádio ou a competição não é garantia de sucesso. Até porque, ainda temos a resistência de alguns veículos de comunicação ao atrelar marcas com o NR concedido. A Rede Globo, por exemplo, alega questões comerciais. Mas para quem está no marketing esportivo, sabe que é uma luta a ser finalizada e levantar a bandeira branca da paz. Enquanto isso, sem a menção da marca pela Globo e de suas emissoras a cabo, o acordo perde força. Lembre-se, o marketing esportivo é uma plataforma e o relacionamento para que o torcedor tenha experiências e conhecimento de marca pode ser muito mais eficaz que simplesmente barganhar a exposição de um nome.

Caberá ao novo parceiro da Arena Corinthians estudar seu mercado e ativar suas propostas dentro de um padrão que crie uma identificação com o torcedor.

Ah, as respostas: opção 2. E Arena Itaipava.

One thought on “Naming Rights da Arena Corinthians

Deixe uma resposta