Adriano x Ronaldinho, força das estrelas

12963870_1126419950714475_2637856733018034416_n

 

Em Las Vegas, dia 14 de maio, teremos o duelo entre Miami United vs Las Vegas City F.C. . Mas, o que esse confronto pode trazer para o nosso interesse?

O jogo vai reunir nada mais nada menos que Ronaldinho Gaúcho pelo time de Vegas e Adriano pelo lado do Miami. O Imperador chegou e assinou com o time americano no início de março e tem se preparado desde então pra fazer bonito em gramados americanos. Donos de mídia fantásticos e com números impressionantes nas redes sociais, esse jogo entre times periféricos nos EUA vai ter uma atenção especial pelo mundo da bola. Provavelmente, você nunca ouviu falar no time de Las Vegas. Embora o fim de carreira de ambos parece cada vez mais iminente, não há como negar que os dois craques consagrados pelo mundo estão ajudando a divulgar o Soccer, os clubes e valor que o futebol está agregando aos EUA. O time de Ronaldinho ainda vai contar com o ex-jogador Alex.

Promover os times através da exploração da imagem das estrelas é o foco quando se fala em alcance de mídia. Lembre-se que, para fãs do esporte em geral, os ídolos são a mola propulsora para atrair torcedores. O amistoso é impactante pelos grandes nomes envolvidos. Com essa atitude, pode-se gerar bons patrocínios pontuais para uma partida sem aparente grande pretensão. Mas que, torcedores carentes de grande nome da seleção, poderão matar saudade com esses craques que já fizeram seu nome com a camisa da CBF. Explorar o carisma de grandes ídolos em um jogo é fazer o torcedor que admira esses craques se atentarem para a atração. Lembre-se, quem nunca sonhou em ser um jogador? E quem nunca quis ser como os craques que admira?

Contudo, vale lembrar que esses clubes não estão na nata do soccer: a MLS. É preciso entender a mecânica da franquia americana. Os dois times são de divisões inferiores. Para estar na elite é necessário ainda que a franquia compre a participação no atual modelo. Don Garber, comissário da Major League Soccer, negou – em entrevista a ESPN do México – que a MLS precisa de promoção e despromoção para ser uma “liga adequada”, e está certo de que um dia vai ser uma das melhores ligas em nível mundial.

Em matéria de promover o espetáculo, os americanos sabem bem mexer os ingredientes necessários. A reflexão fica por conta do modelo adotado pela MLS. O quão vale a pena investir num time que não está na principal competição do país, e que competitivamente, o clube não participa?

Por enquanto, Adriano e Ronaldinho vão medir forças e atrair mais torcedores para o soccer. Quem ganha, são os fãs. Quem pode ganhar, os anunciantes desse amistoso.

Peça publicitária: https://www.youtube.com/embed/xmR5mV5oLMI

Deixe uma resposta